• 18 de setembro de 2021

> Comissão Processante dará início à análise de denúncias

A Comissão Processante (CP) aprovada pela Câmara de Vereadores de Várzea Grande na semana passada, para investigar 16 denúncias que pesam contra a Prefeita do município, Lucimar (DEM) deverá reunir nos próximos dias a fim de dar início a análise de mais de 4 mil páginas documentadas e entregue ao legislativo, fruto de acusações formalizadas pelo suplente de vereador Oneir de Brito (PV).

A informação foi dada no último dia (7) pelo relator da CP – vereador Fábio Saad (PTC), quando disse durante entrevista ao programa Conexão Mato Grosso, da TV/Bandeirantes – canal 8, que a Comissão deverá marcar brevemente uma reunião entre os membros para decidir o rito das investigações.

Coerente, Fábio fez questão de esclarecer que a Comissão fará apuração dos fatos e documentos entregues na Secretaria de Geral da Casa, e assim checar a veracidade das denúncias que vão desde fraude em licitação para compra de medicamentos e superfaturamento de preço, fraude em licitação para contratação de serviços técnicos especializados em consultoria, aditivo contratual com a Empresa Locar Saneamento Ambiental LTDA, prevaricação, uso de máquina, nepotismo e não disponibilização das contas anuais à Câmara.

“Não vamos fazer nenhum pré-julgamento, até porque, a nossa função será esclarecer para sociedade tudo que chegou nesta Casa de Leis. Vamos fazer analise minucioso, sem pressa, com cautela, já que nosso intuito não é prejudicar ninguém, e sim evitar mais desmandos administrativos”, esclareceu Saad.

Vale ressaltar, que ao todo são 16 denúncias e juntas, somam mais 4 mil páginas e envolve mais de R$ 40 milhões em processos. Além do vereador Fábio participa da Comissão: os vereadores: Joãozito de Barros (presidente) e Nilo Campos (membro).

POR Elizeu Silva

premium

Ler Anterior

09/03/2016 – Denúncias contra a prefeita Lucimar são protocoladas no Ministério Público

Leia em seguida

09/03/2016 – Corregedora-geral da Justiça defende reflexão no Dia da Mulher

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *