Comissão e Conselho da Mulher são criados em Mirassol e Colíder

Duas subseções conquistaram novos espaços contra a violência doméstica, em prol das lutas por igualdade de gênero e pelo empoderamento da mulher. A Subseção de Mirassol D’Oeste criou a Comissão de Direito da Mulher e deu posse a seus membros no último fim de semana. Já a Subseção de Colíder conquistou a criação e posse de duas integrantes no novo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher.

Em Mirassol D’Oeste tomaram posse na nova CDM, Mírian Costa Cardoso como presidente; Elizangela Rodrigues da Silva, como vice-presidente; Rosemar Domingues dos Reis, secretária-geral; Adriele dos Santos Bachega, subsecretária; além dos membros Suellen Barranco, Viviane Souza do Couto e Valéria Lima, que é secretaria da OAB/Mirassol, integrante do OABMT Mulher. A vice-presidente da OABMT, Cláudia Aquino de Oliveira; a presidente da CDM da Seccional, Juliana Nogueira, e a secretária-geral da OAB de Várzea Grande e também membro da Comissão da Mulher, Alexandra Nogueira, estiveram presentes.

“Mais uma meta cumprida do Grupo Temático de Políticas Públicas do OABMT Mulher – posse da CDM da 7ª Subseção Mirassol D’Oeste, que irá empreender esforços para criação dos Conselhos Municipais em São José dos Quatro Marcos e Araputanga. Irá, também, requerer cadeira no CMDM de Mirassol D’Oeste já existente. As políticas públicas da Secretaria Nacional de Políticas Públicas para Mulheres e do Conselho Estadual só chegam às cidades se existirem os Conselhos Municipais, daí a importância da criação desse colegiado, que possui outras finalidades importantes na defesa dos direitos das mulheres”, pontuou Cláudia Aquino.

As representantes da OABMT e a conselheira estadual Maria Aparecida Leite foram homenageadas pelos serviços prestados para a Ordem e para a sociedade na luta pelos direitos das mulheres, além de mais 11 mulheres.

Novo Conselho em Colíder

Nesta terça-feira (31 de março) foi criado o Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher em Colíder, tendo como presidente e secretária as advogadas Márcia Regina Polidório e Suelen Canova. Elas contaram que a criação do CMDDM na cidade foi resultado das atividades do Março Mulher na qual estavam engajadas. “Embora já estivesse em andamento, a definição fomos nós quem demos. E no dia 7 de abril será criada na Subseção de Colíder a nova Comissão de Direito da Mulher”, relataram.

Assessoria de Imprensa OAB/MT

premium

Ler Anterior

Mãe é condenada a 39 anos por matar criança

Leia em seguida

Lucas do Rio Verde completa 17 anos

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *