Começam comemorações dos 18 anos do Juvam

19/02/2015 – O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Paulo da Cunha, participou na tarde desta quarta-feira (18 de fevereiro) do lançamento das comemorações do 18º aniversário do Juizado Volante Ambiental de Cuiabá (Juvam). Durante o evento, o juiz Rodrigo Curvo, titular do juizado, apresentou ao magistrado todas as ações que serão realizadas nos próximos dias e também os projetos que irão compor as celebrações. Também foram convidados para o lançamento o desembargador José Zuquim Nogueira, que atuou por 12 anos no Juvam, e todos os servidores do Juizado.

Todas as ações serão realizadas durante o projeto Ribeirinho Cidadão, que começa nesta quinta-feira (19 de fevereiro) e visitará comunidades ribeirinhas levando serviços de justiça, saúde e atendimento de caráter social. Dentre elas está o ‘Rebojando’, jogo de perguntas e respostas totalmente criado pela equipe do Juizado para ensinar as crianças a cuidar do meio ambiente, de forma totalmente lúdica.

Também serão distribuídas 4 mil mudas frutíferas e/ou nativas de 50 a 70 centímetros, tamanho ideal para serem plantadas, e distribuídas cerca de 3 mil cartilhas com noções básicas cotidianas sobre o que é crime ambiental e quais as ações podem configurar o delito.

“O Juvam tem elevado o nome do Poder Judiciário de Mato Grosso no cenário nacional com grandes projetos, inclusive com a conquista do Prêmio Innovare. Ao completar 18 anos vemos a importância desta unidade jurisdicional para o Judiciário e também para o Estado. Mas o mais importante é o trabalho educacional que nasce destas ações. A criança deve aprender desde o início da vida a cuidar do meio ambiente”, ressaltou o presidente Paulo da Cunha.

O desembargador José Zuquim lembrou que o Juvam foi instalado em fevereiro de 1997 como um projeto pioneiro no Estado, uma justiça temática e que vai até a população atuando na parte preventiva de um problema. “Iniciamos uma parte totalmente diferenciada, que vai a campo, buscando reparação. Hoje temos a satisfação de estarmos agindo em todas as frentes coibindo o dano ao meio ambiente”.

O juiz Rodrigo Curvo ressaltou que esta é uma forma singela de marcar estes 18 anos de atuação. “Vamos trabalhar com a população da mesma forma como o Juvam sempre atuou – com conscientização ambiental. Aprender sobre o meio ambiente brincando é a melhor forma de incutir nas pessoas a importância de cuidar da flora, da fauna, e também do ambiente urbano”, explica.

Keila Maressa/Fotos: Adilson Cunha-TJMT

premium

Ler Anterior

OAB presente à abertura da Campanha da Fraternidade 2015, da CNBB

Leia em seguida

Diário de um adolescente apaixonado

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *