Colegiado define como serão distribuídas 28,8 mil doses da vacina CoronaVac

A Comissão Intergestores Bipartite de Mato Grosso (CIB-MT) aprovou resolução que estabelece a distribuição, o armazenamento e a aplicação das 28.800 mil doses da vacina CoronaVac, recebidas na manhã desta quarta-feira (10.03).

A CIB é composta por membros do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems) e da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT).

Conforme orientação do Ministério da Saúde, as unidades desta nova remessa serão utilizadas como primeira ou segunda aplicação. É recomendado que seja priorizada a vacinação de pessoas de 75 a 84 anos e trabalhadores da saúde. Para a vacina CoronaVac, o prazo para a aplicação da segunda dose varia entre 14 e 28 dias.

Caso os municípios alcancem a completa vacinação do público alvo da vacina, a CIB orienta a continuidade da imunização dos demais públicos-alvo estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Após a distribuição dos imunizantes aos municípios, as vacinas deverão ser armazenadas conforme as condições estabelecidas pela fabricante e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e com o apoio da segurança pública.

A aplicação das doses deve ser obrigatoriamente registrada pelos municípios no Sistema Nacional do Programa de Imunização (SI-PNI), do Ministério da Saúde.

Até o momento, Mato Grosso já recebeu 278.760 mil doses de imunizantes contra a Covid-19.

Veja abaixo, em anexo, quantas doses cada município vai receber:

DOWNLOAD 

  • Resolução CIB N° 12 – Distribuição das doses da Coronavac

 

Por: Fernanda Nazário | SES-MT/ Foto por: Tchélo Figueiredo

Rocha

Ler Anterior

CLUBE MILITAR AMEAÇA GOLPE POR CAUSA DE DECISÃO PRÓ-LULA DO STF

Leia em seguida

Condomínio não deve indenizar por cobrar cota após desistência de compra

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *