Candidatura de Wilson Santos a prefeito de Cuiabá é vetada por Mauro Mendes e PV

05/08/2016 – Poucas horas depois de aceitar o convite para a empreitada, o líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Wilson Santos (PSDB), se retirou da briga pela Prefeitura de Cuiabá. E o motivo foi o fogo amigo: o prefeito Mauro Mendes (PSB) e o Partido Verde não continuariam no arco da coligação governista se Wilson fosse o candidato.

Desta forma, a aliança situacionista voltou a ficar sem candidato ao Palácio Alencastro, após três desistências: Mendes, deputado federal Fábio Garcia (PSB) e, agora, o próprio Wilson.
Em reunião com o governador José Pedro Taques (PSDB), o vice-governador Carlos Fávaro (PSD) e Mauro Mendes, além de outros líderes, foi anunciado o veto de PSB e PV a Wilson.

A rusga de ambos é antiga, se iniciando com provocações, em 2004: na época,  Mauro Mendes e os alguns deputados federais, aliados do então governador Blairo Maggi e o prefeito Roberto França (PPS), lideraram o veto ao ingresso de Wilson no PPS. Na época, já apalavrado com França, ele permaneceu no PSDB e se elegeu prefeito, num segundo turno histórico contra o ex-deputado Alexandre César (PT).

Depois, em 2008, Wilson e Mendes (na época no PR, com apoio de Blairo Maggi) se enfrentaram na briga pela Prefeitura de Cuiabá, quando disputaram um segundo turno com ataques viscerais e denúncias de lado a lado de “compras” de ex-candidatos a vereador e aliados. Santos se reelegeu.

Já em 2010, eles se enfrentaram na briga pelo governo de Mato Grosso: Santos pelo PSDB e Mendes já no PSB. Wilson liderava as pesquisas até dois meses antes das eleições e imaginava estar num eventual segundo turno – faltou menos de 0,16% para dar segundo. Ambos perderam para o ex-governador Silval Barbosa (PMDB), hoje preso no Centro de Custódia de Cuiabá por suspeita de fraudes nas concessões de incentivos fiscais.

Enfim, em 2012, Mauro saiu candidato a e Wilson foi um dos coordenadores da campanha do deputado Guilherme Maluf (PSDB), atual presidente da Assembleia Legislativa. Mendes venceu o ex-vereador Ludio Cabral (PT), no segundo turno. Fonte Olhardireto

premium

Ler Anterior

Emanuel Pinheiro diz que é muito grande a decepção da população com prefeito Mauro mendes

Leia em seguida

Serys entra no paréo para disputar o comando da prefeitura de Cuiabá pelo PRB

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *