• 5 de março de 2021

Candidatos devem se manifestar sobre documentação

Candidatos inscritos no Concurso Público de Provas e Títulos para Outorga das Delegações de Notas e de Registro do Foro Extrajudicial de Mato Grosso foram convocados pelo presidente da Comissão do Concurso, desembargador Rui Ramos Ribeiro, para se pronunciar sobre irregularidades em documentações apresentadas no pedido de inscrição definitiva.

Os papéis já apresentados devem estar em conformidade com o item 16.1 do Edital nº 30/2013/GSCP, de 7 de outubro de 2013.

Conforme a responsável pela Gerência Setorial de Concursos Públicos do TJMT, Maria Cristina da Silva Tibles Brandão, a maioria dos documentos em desacordo se refere a certidões, mas também há outras pendências.

A manifestação sobre essas falhas tem que ser efetuada via requerimento, que deve ser registrado no Protocolo-Geral do Tribunal de Justiça de Mato Grosso até o dia 30 de março.

Vale ressaltar que não se trata de oportunidade para complementar a lista de documentos já apresentados, mas sim para que o candidato se justifique sobre a ausência deles. A manifestação de cada um dos candidatos notificados será analisada pela Comissão do Concurso. Quem não apresentar qualquer justificativa terá a inscrição automaticamente indeferida.

Cada candidato também será comunicado de forma individualizada, via e-mail e comunicação postal, sobre sua situação.

A relação completa dos candidatos que apresentam este tipo de irregularidade está disposta no Edital nº 3/2015/GSCP. Confira aqui.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (65) 3617-3101.

POR TJMT

premium

Ler Anterior

PANELAÇO DE 15 DE MARÇO

Leia em seguida

Comarca de Peixoto promove conciliações

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *