Campanha do TRE-MT convoca eleitor a não votar em candidato que suja a cidade

16/072016 – “Candidato que joga santinho na rua não merece o seu voto”. Com este slogan, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso lançou nesta sexta-feira (15/08) a campanha Cidade Limpa Eleições 2016, voltada para a conscientização dos candidatos e da sociedade quanto aos danos ambientais, e também de segurança, provocados pela prática de jogar santinhos nas ruas, próximo aos locais de votação, na véspera do pleito.

A campanha foi lançada pelo diretor da Escola Judiciária Eleitoral, juiz membro do Pleno do TRE-MT, Paulo Sodré, que conclamou a imprensa a abraçar a causa, ajudando a esclarecer ao cidadão a importância de escolher um candidato que preserva a limpeza da cidade. “A ideia é exatamente convencer os candidatos, pré-candidatos e representantes dos partidos políticos para que não joguem o santinho no chão durante o processo eleitoral, principalmente na véspera das eleições. A campanha também pretende trazer a população para o nosso lado, porque é imprescindível que o futuro gestor se comporte de maneira digna. O candidato que suja a cidade realmente não merece o voto do eleitor. Também queremos pedir o apoio da imprensa nesta divulgação”, disse o magistrado.

Por se tratar de uma eleição municipal, sob responsabilidade dos juízes eleitorais de primeira instância, a presidente do TRE-MT, desembargadora Maria Helena Póvoas, vai encaminhar orientações às zonas eleitorais, solicitando adesão à campanha. “A Justiça Eleitoral fará ampla campanha junto aos veículos de comunicação para que os eleitores não votem em candidatos que desrespeitam o meio ambiente”, disse a desembargadora Maria Helena Póvoas.

A ideia é que os candidatos e partidos políticos entreguem na Justiça Eleitoral os restos de campanha (materiais gráficos) como cartazes e panfletos, para que seja dada a destinação correta do ponto de vista social e ambiental.

Os materiais serão destinados às cooperativas de catadores de materiais recicláveis, ou, na ausência deste tipo de entidade no município, serão encaminhados à prefeitura para o descarte ambientalmente correto.

A campanha Cidade Limpa foi lançada durante o Encontro com Representantes Partidários. O diretor da Escola Judiciária Eleitoral mostrou aos candidatos e representantes de partidos políticos alguns vídeos retirados das mídias sociais, nos quais os eleitores demonstram indignação e aversão aos candidatos que sujam as cidades. Também foi veiculada uma reportagem que mostra um acidente no qual uma senhora idosa escorregou e caiu ao pisar em santinhos jogados na porta de um local de votação, e sofreu cortes na cabeça.

Redação JA

premium

Ler Anterior

Liminar da OAB-MT garante acesso de advogados a prontuários médicos

Leia em seguida

Confira o plantão deste fim de semana

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *