CAA/MT consegue redução no percentual de reajuste do plano de saúde

19/02/2015 – Após várias discussões, a Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAA/MT) conseguiu reduzir de 18% para 11,65% o percentual de reajuste dos planos de saúde coletivos por adesão da Unimed para 2015. O novo valor foi definido, na última sexta-feira (30/01), em reunião entre as diretorias da CAA/MT e Unimed Cuiabá.

“Inadvertidamente, a Unimed aplicou um reajuste de 18% sem nos comunicar. Tão logo soubemos desse percentual, contatamos a operadora do plano e iniciamos as negociações”, conta o presidente da CAA/MT, Leonardo Pio da Silva Campos. Ele explica que, por se tratar de um plano coletivo por adesão, o cálculo de reajuste não segue os índices inflacionários do período e nem aqueles estabelecidos pela Agência Nacional de Saúde (ANS), ficando a critério das partes essa definição.

O novo percentual de reajuste de 11,65% aplica-se aos seguintes planos de saúde Unimed, cujos contratos e datas-bases são os seguintes: 4066, 4067, 6264 e 7164 (janeiro); 8282, 8283 e 8284 (julho); 8401, 8402 e 8403 (agosto).

O presidente da CAA/MT ressalta que a entidade está buscando novas parcerias com outras operadoras para que mais planos de saúde sejam ofertados aos profissionais do Direito. Dessa forma, a entidade terá maior poder de negociação, por exemplo, nas definições de reajustes das mensalidades.

DEVOLUÇÃO DO VALOR PAGO – A CAA/MT comunica aos usuários dos planos de saúde Unimed dos contratos 4066, 4067, 6264 e 7164 (data base janeiro) que o valor a mais cobrado pelo reajuste de 18% na mensalidade será deduzido nas próximas faturas. Aqueles advogados que não tiverem esse abatimento contemplado em suas mensalidades, deverão comunicar o fato à CAA/MT para providências (65 – 3644-1006 / 3644-1374 / caamt@caamt.com.br).

premium

Ler Anterior

Atividade do corretor de imóveis é autônoma, diz TRT-15 ao negar vínculo

Leia em seguida

Advogados que quiserem concorrer em eleições de subseções da OABMT têm até dia 27 para se inscrever

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *