Alvaro Dias cobra do governo solução para a dívida pública

19/09/2016 – O senador Alvaro Dias (PV-PR) criticou “a má gestão econômica” do governo de Dilma Rousseff e também o atual governo, por não ter, como ressaltou, nenhuma proposta para resolver a situação da dívida pública. Segundo o senador, sem solucionar a questão, será impossível resolver os demais problemas do país.

– É evidente que, se nós estamos gastando a metade do que arrecadamos no pagamento de juros e serviços da dívida, não está sobrando para setores essenciais, como saúde, educação, segurança pública, geração de emprego, melhoria das condições de vida da nossa gente. Portanto, há que se  buscar uma equação para a dívida pública do nosso país – afirmou.

Alvaro Dias apresentou dados da execução do Orçamento da União de 2015, segundo os quais 3,91% foram gastos com educação; 4,14% com saúde; 22,49% com a Previdência; e 42,43% com os juros e amortização da dívida pública. Para o senador, o governo passado foi irresponsável ao emprestar dinheiro para outros países, como Cuba e Venezuela, porque esses recursos não devem retornar ao nosso país. Ele sugeriu que seja feita uma auditoria da dívida pública brasileira.

– Os brasileiros estão pagando essa fortuna de quase R$ 4 trilhões em juros, mensalmente. É preciso que os brasileiros saibam para quem estão pagando e por que estão pagando. O dinheiro do imposto, pago com sacrifício pelo trabalhador brasileiro, pelo empresário deste país, é um dinheiro que está sendo desviado para pagar juros de uma dívida. Nós queremos saber que dívida é essa. Essa dívida foi contraída por quem, para que, quando? – afirmou.

Agência Senado

premium

Ler Anterior

MP autoriza Banco Central a encomendar cédulas e moedas no exterior

Leia em seguida

Alunos com deficiência poderão ser liberados da frequência mínima à escola

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *