• 21 de abril de 2021

> AGRICULTURA FAMILIAR – Nininho prestigiou a abertura da 4ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional

O primeiro-secretário, deputado estadual Ondanir Bortolini (PR), Nininho, participou ontem (20), da abertura da 4ª Conferência Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (CESAM-MT), no Hotel Fazenda Mato Grosso. O objetivo do evento é estabelecer o Plano Estadual de Segurança Alimentar, incentivar a agricultura familiar e discutir o consumo de alimentos saudáveis.

 

A Conferência Estadual é um espaço estratégico e democrático que possibilita proposições sobre temas relacionados à política de segurança alimentar e nutricional em Mato Grosso. O evento foi realizado pelo Conselho Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional – CONSEA/MT e pela Secretaria de Agricultura Familiar e Regularização Fundiária de Mato Grosso (SEAF/MT).

 

O deputado Nininho, coordenador geral da Frente Parlamentar de Segurança Alimentar e Nutricional (FPSAN) na Assembleia Legislativa, acredita que a Conferência é uma ótima oportunidade para ouvir os pequenos produtores. “São eles que lidam diretamente com os principais problemas enfrentados na produção dos alimentos e sabem o que é preciso ser feito para ajudar a diminuir o índice de insegurança alimentar do Estado”.

 

O governador Pedro Taques, que também participou do evento, disse que a questão não é quanto se produz em Mato Grosso, mas a qualidade dos alimentos e os recursos para o acesso das pessoas aos alimentos. “Temos que valorizar a agricultura familiar para evitar que continuamos a importar 80% dos nossos produtos de outros estados, além de criar novos mercados para os pequenos agricultores”.

 

Para o secretário de Estado de Agricultura Familiar (SEAF), Suelme Fernandes, a discussão dos investimentos e mecanismos para o combate à fome dos 3,4% da população mato-grossense que ainda estão em situação de extrema pobreza é importante.

Já para o deputado Nininho além da falta de alimentos no prato de alguns brasileiros, um dos principais obstáculos para a alimentação adequada e saudável é o modelo de produção e distribuição do consumo.

 

“Os alimentos, assim como as festas e maneiras de vestir, representam a identidade cultural de uma região. Esse sistema hegemônico de alimentos importados de outros locais acaba com a diversidade. As conferências estaduais e a instalação da Frente Parlamentar, apresentada pelo deputado Nininho na Assembleia Legislativa, pretendem reaproximar e favorece a relação mais direta com produtores e fortalecer a agricultara familiar do Estado”, finalizou a presidente do CONSEA–MT, Aída Couto Dinucci.

 

Também participaram do evento, o secretário de estado de Trabalho e Assistência Social (Setas), Valdiney Arruda e o professor doutor Renato Maluf, da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ), que foi o primeiro palestrante da Conferência.

 

premium

Ler Anterior

> ‘Amor do papai’ ganha primeiro lugar

Leia em seguida

21/08/2015 – Treinamento do PJe chega a mais quatro comarcas

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *