Aben defende que a energia nuclear volte à pauta política do Brasil

13/09/2016 – Antonio Teixeira, presidente da Associação Brasileira de Energia Nuclear (ABEN), acredita que o momento atual no mundo é promissor para se discutir a questão da energia nuclear. Segundo ele, há uma forte demanda por energia que não emitam gases de efeito estufa, caso da energia nuclear, e, atualmente, há 60 usinas nucleares em construção no mundo, em 15 países.

 

“No Brasil, em decorrência de dificuldades econômicas e políticas, os investimentos na área nuclear estão momentaneamente suspensos, afetando tanto a construção de usinas de potência, como Angra 3, quanto o projeto de reatores produtores de radioisótopos para uso na medicina, na indústria e na agricultura, como o Reator Multipropósito Brasileiro (RMB)”, explica Antonio Teixeira.

 

O presidente da ABEN defende uma política nuclear para o Brasil e a volta do tema à pauta de discussões no País. A associação apoia o Seminário Internacional de Energia Nuclear – SIEN 2016, que acontece nos dias 20 e 21 de setembro no Rio de Janeiro. O evento tem por objetivo dinamizar o debate e apresentar soluções e novas tecnologias para o desenvolvimento nuclear, criando um espaço importante para a discussão e intercâmbio técnico-profissional, além de um ambiente favorável para a realização de negócios.

 

O SIEN deste ano terá como tema central “Um novo modelo de financiamento para o negócio nuclear”, reunindo empresas públicas e privadas, governo, fabricantes de equipamentos, suprimentos, tecnologia, empresas de engenharia e projetos, institutos de pesquisa, associações técnicas, profissionais e empresariais, nacionais e internacionais.

 

Mercado de trabalho para jovens

 

Antonio Teixeira participa no segundo dia do evento, à partir das 15h30, do painel “Mão de obra especializada – como atrair os jovens e suprir a carência do mercado”. Para ele, com muitos profissionais se aposentando e outros buscando outras opções no Brasil e no exterior, é necessário buscar forma de suprir o mercado e despertar o interesse dos jovens.

 

“É necessário captar novos talentos para repor os quadros que se aposentaram, treinamento específico na área nuclear (tanto de nível superior como de nível médio) e fixação do quadro de profissionais mediante um plano adequado de cargos e salários e projetos inovadores e de relevância nacional que não sofram descontinuidade”, acredita Antonio Teixeira.

 

O SIEN 2016, promovido anualmente pela Planeja & Informa Comunicação e Casa Viva Eventos, contará nesta sétima edição com a parceria da FGV Energia, Centro de Estudos e Pesquisas da Fundação Getúlio Vargas.  Além da Explonuclear, o O SIEN 2016 promove nesta edição o inédito 1o ETEN – Encontro sobre Tecnologia em Engenharia Nuclear para Fins Pacíficos, visando um intercâmbio tecnológico permanente no setor.

 

As inscrições para o SIEN 2016 podem ser feitas pelo e-mail inscricao.planeja@gmail, www.sienbrasil.com, além dos telefones (5521) 2215-2245 e 2244-6211. As empresas interessadas em participar do SIEN 2016 e da EXPONUCLEAR como patrocinadoras ou trazendo suas tecnologias para a mesa de debates, podem entrar em contato com a  Planeja e Informa Comunicação e Marketing por e-mailinformacoes@sienbrasil.com ou telefone: (55 21) 2215-2245. Sócios da Associação Brasileira de Energia Nuclear (Aben), da ABDAN, da FEBRAE e do Instituto de Engenharia, da ABCE, da ABRAGET e da ANACE têm 10% de desconto na inscrição. Já estudantes contam com 50% de desconto.

premium

Ler Anterior

Candidatos à Prefeitura de Cuiabá participam de debate na OAB-MT nesta terça

Leia em seguida

Deputado Federal tenta em Brasília evitar fechamento de posto bancário em Colniza

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *