26/01/2015 – TJ é o 2º do país em nível de excelência em TI

Investimentos constantes em novas tecnologias, automação, governança e capacitação de pessoal levaram o Tribunal de Justiça de Mato Grosso à segunda colocação dentre todos os tribunais estaduais em excelência em Tecnologia da Comunicação (TI). A constatação é do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que realiza, anualmente, pesquisa de desempenho com os tribunais.

A Instituição apontou que nestes dois últimos anos o TJMT vem avançando de forma rápida e constante na área de tecnologia. O resultado é fruto de agressiva política de investimentos no setor realizado por parte do atual presidente, Orlando de Almeida Perri.

O parque tecnológico do TJMT foi classificado como aprimorado, nível atingido por apenas mais três tribunais do país. Seu nível de aderência aos requisitos de Tecnologia de Informação estabelecidos pelo CNJ atingiu 84,82%, percentual já bem próximo da meta de 100%.

Ao investir em TI, a administração do TJMT fortalece a Primeira Instância, obtendo mais celeridade na tramitação e julgamento das ações judiciais e, consequentemente, redução de estoque de processos – um dos maiores desafios enfrentados pela Justiça brasileira.

Dentre as ações que elevaram o patamar do TJ, algumas ações se destacam, como por exemplo, a constituição de um Comitê Gestor da área; o aumento da capacidade de armazenamento de informações tecnológicas; a capacitação de equipes; e construção de duas salas seguras para abrigar o Data Center.

Além disso, foram instalados dois Switch Core, equipamento concentrador da rede de informática que interliga todos os servidores e computadores do Poder Judiciário, reduzindo a instabilidade do sistema que tantos transtornos gerava aos magistrados, servidores e demais operadores do Direito, como os advogados, e otimizou o tráfego de dados, agilizando a tramitação de processos.

Todos esses investimentos permitiram, ainda, a ampliação da oferta de serviços online, facilitando e democratizando o acesso à Justiça.

Do TJMT

premium

Ler Anterior

26/01/2015 – Pleno julga improcedente ação contra Silval, Daltro, Maggi e suplentes

Leia em seguida

26/01/2015 – TJMT entrega oito novos barcos ao Juvam

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *