• 28 de novembro de 2021

22 magistrados e servidores se inscrevem em curso

Vinte e duas pessoas, entre desembargadores, juízes e servidores do Poder Judiciário de Mato Grosso, se inscreveram para participar do curso “Justiça Restaurativa em crack, outras drogas e família”, que será ministrado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O termo de cooperação será assinado nesta sexta-feira (20 de março), entre o Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), por meio da Comissão Especial sobre Drogas Ilícitas, Ministério da Justiça e UFMT.

A capacitação será dividida em duas etapas, a teórica e a prática, com duração de 40 horas, em quatro módulos de três dias cada, nos meses de março a junho. Para obter o certificado, o participante precisa ter, no mínimo, 75% de presença. Nos meses de julho a outubro, serão desenvolvidas as atividades práticas.

A capacitação está sob a coordenação do Centro Regional de Referência para Formação Permanente de Profissionais, que tem o objetivo de oferecer formação continuada para profissionais que atuam no campo das políticas públicas sobre drogas nas mais diversas áreas, incluindo o Poder Judiciário.

Os cursos terão conteúdo programático geral e conteúdos específicos mínimos aos diferentes públicos-alvo, lembrando que o eixo comum será repassado nos cinco cursos. A capacitação específica para os agentes do sistema judiciário será a de número sete – justiça restaurativa. Ao Tribunal de Justiça, foram reservadas 20 vagas, porém o coordenador da Comissão, desembargador Marcos Machado, já está trabalhando no sentido de pedir a ampliação de mais duas vagas a fim de que todos possam participar do curso.

Confira a lista de inscritos:

Magistrados

Desa. Maria Erotides Kneip Baranjak;
Des. Marcos Machado;
Dr. Francisco Ney Gaiva – Juiz de Direito – 3ª Vara Cível e Juizado Especial de Jaciara;
Dra. Luciana de Souza Cavar Moretti – Juíza de Direito – Juscimeira;
Dra. Luciene Kelly Marciano – Juíza de Direito – Porto Alegre do Norte;
Dr. Mário Roberto Kono de Oliveira – Juiz de Direito – Cuiabá;
Dr. Moacir Rogério Tortato – Juiz de Direito – Várzea Grande;
Dr. Raul Lara Leite – Juiz de Direito – Comodoro;
Dra. Renata do Carmo Evaristo Parreira – Juíza de Direito – Várzea Grande;

Servidores

Agnaldo da Silva Campos – Assessor Técnico-jurídico – Várzea Grande;
Bathilde Jorge Moraes Abdalla – Analista Judiciário – Cuiabá;
Denise Fonseca de Oliveira – Psicóloga – Rondonópolis;
Elma Maria da Luz Silva – Agente da Infância e Juventude – Rondonópolis;
Isolde Moreira de Matos Souza – Psicóloga – JECRIM;
Jaqueline Auxiliadora de Figueiredo – Assist. Social – JECRIM – Várzea Grande;
Jim da Silva Souza – Analista Social – Poconé;
Jocydélia Costa de Arruda – Psicóloga – Cáceres;
Juliany dos Santos Ferreira – Assist. Social – JECRIM – Várzea Grande;
Maria Luiza Barroso – Agente da Infância e Juventude – Rondonópolis;
Mariceli Alonso Bustamante – Assistente Social – JECRIM;
Rafael Robson Andrade do Carmo – Assessor de Gabinete – Várzea Grande;
Zelita Oliveira Ribeiro – Psicóloga – JECRIM – Várzea Grande.

Leia mais sobre o assunto:

TJ e UFMT assinam termo de cooperação nesta sexta
http://www.tjmt.jus.br/noticias/38468#.VQsVF9wZFpo

FONTE TJMT

premium

Ler Anterior

Empresas não precisam judicializar todos os conflitos

Leia em seguida

Comarca de Lucas divulga resultado de seleção

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *