19/12/2014 – OAB presente à diplomação de Dilma Rousseff e Michel Temer no TSE

O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, participou nesta quinta-feira (18) da mesa de honra da solenidade de diplomação oficial da presidenta da República, Dilma Rousseff, e de seu vice, Michel Temer, reeleitos para o segundo mandato à frente do Poder Executivo Federal.

A cerimônia ocorreu no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e foi conduzida por seu presidente, ministro Dias Toffoli. Além de Marcus Vinicius, compuseram a mesa o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski; o presidente do Senado Federal, Renan Calheiros; da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves; o procurador-geral eleitoral Rodrigo Janot; e os ministros do TSE Luciana Lóssio, Luiz Fux, Maria Thereza, João Otávio de Noronha, Rosa Weber e Admar Gonzaga.

Em suas palavras, Dilma agradeceu o voto de confiança dos brasileiros em um pleito tão acirrado. Falou também sobre reforma política, uma das principais bandeiras da Ordem. “O pacto que todos nós queremos que seja firmado contra a corrupção desaguará numa ampla reforma política que o Brasil precisa promover a partir já do próximo ano. Temos que fechar as portas em definitivo para esta chaga histórica que é a prática de ilícitos políticos e administrativos”, defendeu a presidenta.

Em entrevista, Marcus Vinicius desejou êxito aos eleitos. “A nação brasileira necessita de um governo sólido, que cuide de suas aspirações, que cuide de diminuir as desigualdades sociais para fazermos do Brasil cada vez mais justo, fraterno e solidário. A democracia se fez e se faz a cada dia em nosso país, regada como uma planta que inspira cuidados. E a democracia é quem ganha quando o povo elege seus legítimos representantes”, declarou.

Para ele, uma reforma política com participação popular direta é necessária para “aprofundar a democracia em nosso País e retirar da cena política as mazelas do abuso de poder político e econômico, extirpando a improbidade administrativa de nossos governos, como roga nossa Carta Magna”.

ADVOCACIA ESSENCIAL À JUSTIÇA

Marcus Vinicius também agradeceu ao presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, por ter ressaltado em seu discurso a importância da advocacia como função essencial à justiça, tal qual preconiza a Constituição. “Somos a quarta maior democracia do mundo em termos de eleitores, ultrapassando a marca dos 142 milhões. A democracia não subsiste sem o cidadão, sem o eleitor, sem a advocacia, que, por sua vez, é função essencial à administração da Justiça“ afirmou Toffoli, na ocasião.

REDAÇÃO JA

FONTE OAB/CF

premium

Ler Anterior

19/12/2014 – IFMT e UERJ disponibilizam edital de seleção com oferta de duas vagas para curso de Mestrado em Educação

Leia em seguida

“Novo CPC une celeridade e segurança jurídica”, diz presidente da OAB

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *