• 6 de março de 2021

18/06/2015- Denuncia de abuso de abastecimento ônibus escolar do municipio de Várzea Grande vão para o MPF e TCE

O vereador Pedro Paulo Tolares “Pedrinho” (SD), denunciou na noite desta quarta-feira (17 de junho), gasto abusivo e certo descontrole da administração municipal várzea-grandense com relação ao consumo de combustíveis na frota escolar.

As denuncias são gravíssimas. Com documentos em mãos (controle de abastecimento da prefeitura enviado pelo secretário de Governo), Pedrinho explicou na tribuna da Casa que apenas um ônibus escolar que integra a frota de veículos da secretaria municipal de Educação, consumiu mais de 1.680 litros de diesel, em apenas quatro dias. Mesmo parado para conserto, este teria sido abastecido num mesmo dia (19 de maio) onze vezes, somente no período da manhã.

O relatório aguça que o ônibus COMIL SVELTO U, da Volkswagen, placa JZK-5727 (diesel), vinha sendo abastecido no Posto 10, pelo cartão corporativo número 3880, em nome de Delton Silva Morais.

O fato pode ser considerado como impossível, não apenas pelo gasto extraordinário em si, mas pelo fato de que durante o período mencionado, o ônibus não se moveu um metro do lugar, pois esteve estacionado numa oficina para receber conserto.

Inclusive, o fato também foi registrado pelos vereadores: Ivan do PT e Miriam Pinheiro do PHS. Ambos estiveram na semana passada (10 de junho), na oficina ‘Vieira Auto-Center’, localizada na Avenida Júlio Campos, em Várzea Grande, onde conversaram com os mecânicos e proprietário do comércio automotivo.

Indignado, Pedrinho sustentou que o relatório semanal de gastos com combustível, fornecido pela própria prefeitura, dá indícios da farra com o “dinheiro público”. Outro documento apontado por Pedrinho da conta de que o ônibus foi entregue ao conserto no dia 13 abril do corrente ano. No dia 16 do mesmo mês, a prefeitura recebeu o orçamento e no dia 06 maio a oficina recebeu sinal verde para consertar o transporte escolar.

Para Pedrinho, enquanto a cidade se perde em dificuldades financeiras, em ruas esburacadas, em uma saúde caótica, a prefeita Lucimar Campos (DEM) e sua equipe administrativa, demonstram desrespeito com o erário, inclusive, usando de outro ônibus escolar para fazer entrega de garrafões de água.

Pedrinho conclui ao declarar que a denuncia, fotos e os documentos reunidos serão encaminhados para uma Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara, quem tem como presidente o vereador Fabio Saad (PTC). Outras cópias serão remessadas ao Ministério Público Federal (MPF), Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE/MT) e 1ª Promotoria Cível de Várzea Grande, para que providências sejam tomadas.

premium

Ler Anterior

18/06/2015- Nova sede da OAB de Sorriso é abrigo para as causas da advocacia e da sociedade

Leia em seguida

20/06/2015 – Juízes trocam experiência em encontro de Juizados

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *