• 28 de novembro de 2021

Docentes, técnicos administrativos e estudantes da UFMT escolheram, por meio do processo de consulta, Myrian Serra e Evandro Soares da Silva para a próxima gestão da Reitoria da universidade. Numa disputa apertada, os candidatos da chapa 4 obtiveram 49, 37% do total de votos, contra 47, 01% da concorrente, chapa 2.

O resultado oficial da consulta, decidida em segundo turno, foi divulgado por volta das 18h dessa quarta-feira, 06/04.

Se respeitado o processo, que não tem caráter oficial, o Governo Federal nomeará os indicados pela comunidade acadêmica em outubro de 2016. Desde a reabertura democrática do país, após da ditadura militar, os presidentes têm respeitado a vontade dos eleitores. A nova gestão será responsável pela administração da universidade até 2020.

Foram 9.163 votos válidos no total, com expressiva participação de docentes e técnicos, mas baixa adesão dos discentes. Com colégio eleitoral de cerca de 33 mil votantes, apenas 6.162 estudantes compareceram às urnas nesse segundo turno, contabilizando os votos válidos (5.995), nulos (114) e brancos (53).

A Adufmat-Ssind avalia que a participação docente, de mais de 61% do colégio eleitoral, foi positiva. “A principal contribuição desse processo é a abertura para reflexão sobre os caminhos da universidade. Numa perspectiva classista, questionamos se a universidade está contribuindo de alguma maneira para a vida dos trabalhadores, que papel social está desenvolvendo, além, é claro, das condições de trabalho e qualidade de ensino”, afirmou o presidente do sindicato, Reginaldo Araújo.

Para o presidente, mesmo com a avaliação da entidade de que todos os candidatos que concorreram ao pleito em 2016 representam o mesmo projeto de universidade, a mudança não deixa de trazer expectativas. “Uma nova gestão sempre traz expectativas de que seja um novo momento, com novas possibilidades de avançar nas questões que consideramos importantes”, disse.

Após o resultado, a professora Myrian Serra reafirmou sua disposição para dialogar a comunidade acadêmica. “A partir de hoje, estaremos todos juntos para construir uma universidade forte e democrática”, garantiu.

Em nome da chapa 2, o professor Paulo Teixeira agradeceu os votos e empenho de todos, e desejou uma boa gestão à chapa eleita.

Fonte redação JA com Luana Soutos

premium

Ler Anterior

. Juiz leigo: Peixoto divulga gabarito definitivo

Leia em seguida

> Comarca de Quatro Marcos terá expediente suspenso dia 12

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *