13/03/2016 – Manifestação neste domingo em Cuiabá; são esperados 20 mil na Getúlio Vargas

OAB e diversas entidades estarão hoje participando do protestos em Cuiabá, a partir das 16 horas, na Avenida Getúlio Vargas, entre a praça Alencastro e a Oito de Abril, o movimento Fora Dilma, Fora PT e contra a corrupção. Na última edição do movimento a adesão sequer chegou a duas mil pessoas. Neste domingo, os organizadores, apoiados por partidos políticos como o PSDB do governador Pedro Taques e o PSD do vice-governador Carlos Favaro, esperam levar para a avenida entre 15 e 20 mil manifestantes.

O movimento é nacional e deve apresentar protestos em grande parte do país, principalmente em favor ao impeachment da presidente Dilma Rousseff e pela prisão do ex-presidente Luiz Ignácio Lula da Silva. O organizadores esperam que este seja o maior protesto da história em território nacional, superando o Fora Collor. A presidente Dilma Rousseff pediu apenas que as manifestações sejam pacificas.

Ao contrário da manifestação de dezembro – que contou com adesão bem abaixo do esperado, dando certo alento ao governo federal –, os ato deste domingo em Cuiabá têm expectativa de um público maior. Só na página do evento do protesto na Avenida Getúlio Vargas mais de 15 mil pessoas são esperadas na manifestação. Em nível Brasil organizadores falam em mais de 30 milhões nas ruas.

Lideranças de todos os partidos da oposição passaram a semana convocando a população para os atos.
Além de ser a primeira vez em 2016 que os movimentos anti-Dilma fazem grandes manifestações, é também a primeira vez que os atos contra o PT são tratados com alerta real para risco de violência pelas Polícias Militares de diversas partes do País. A preocupação é de que haja conflito entre grupos pró e contra Dilma. Da Redação- Foto D´Rocha

premium

Ler Anterior

13/03/2016 – TCE: Ex-prefeito e construtora de Sorriso terão de restituir aos cofres públicos por obra superfaturada

Leia em seguida

Os políticos e o povo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *