15/04/2016 – TRE nega pedido de Mauro Savi para suspender investigações por compra de votos

O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) negou pedido da defesa do deputado estadual Mauro Savi (PR) para suspender as investigações contra o parlamentar que é suspeito de compra de votos durante as últimas eleições.

O pedido de embargos de declaração que buscava impedir o seguimento das investigações contra Savi foi avaliado pelo TRE na última quinta-feira (14), ocasião em que os desembargadores votaram por unanimidade para que as investigações continuem.

A denúncia de compra de votos foi recebida no município de Juara, no mês de setembro de 2014, dias antes das eleições. Servidores da Justiça Eleitoral receberam a denúncia de que eleitores estariam recebendo valores entre R$ 370 e R$ 1.000 , supostamente pagos por pessoas ligadas à campanha do candidato Mauro Savi.

Duas servidoras da 27ª Zona Eleitoral foram até a chácara Ostácio, de propriedade de Ostácio Bueno de Almeida, local onde colheram supostas provas do crime de compra de votos.

Da redação com TRE-MT

premium

Ler Anterior

15/04/2016 – Justiça nega absolvição a Janete e empresários em ação da Ararath por lavagem de dinheiro

Leia em seguida

15/04/2016 – TJ afasta decisão que apontava fraude em recuperação judicial milionária de usina

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *