• 18 de abril de 2021

Condições de trabalho de advogado

A advocacia é uma profissão das mais respeitadas, justamente por exigir do profissional um amplo conhecimento institucional e compromissos morais e éticos. Os advogados são, de certa forma, profissionais liberais e podem exercer sua profissão de diversas maneiras e ambientes. O advogado pode, por exemplo, trabalhar em casa ou trabalhar num escritório, dividindo ou não o espaço com outros profissionais. Alguns também prestam serviços para outros advogados, seja por contrato ou através de organizações públicas e privadas, em seus respectivos departamentos jurídicos. Entre todas as entidades que tem a necessidade de ter um profissional advogado, destacam-se as empresas do setor financeiro,tais como companhias seguradoras, empresas de consultoria, bancos e empresas de assessoria. O advogado também pode trabalhar em ambos os modelos, servindo à diferentes empresas e atendendo em seu consultório.

Porém, a advocacia é abrangente e geralmente quem se forma nessa profissão pode optar por trabalhar em diferentes posições, entre as quais as principais são: administradores, diretores gerais, gestores de RH, assessores, docentes, entre outros. Entretanto, o Estatuto da Ordemdos Advogados, uma instituição representativa desses profissionais, declara que o exercício da advocacia não é compatível com outras atividades ou funções que diminuam a dignidade e independência dessa profissão. O advogado não pode submeter-se a cargos como membro de órgãos de soberania, conservador de registros e membro das forças armadas, por exemplo.

Essa regra se aplica também para advogados contratados por outros profissionais do ramo, não podendo afetar sua independência técnica. É certo que quanto mais desenvolvido um país é, mais complexos se tornam as regulamentações de direitos, garantias e liberdades. Além disso, a tendência da profissão pode variar, sendo particularmente mais evidente de acordo com a vida econômica do país. É só dar uma olhada no cenário atual, período em que os advogados são procurados principalmente para as áreas de direito comercial e direito sucessório – que trata de heranças e propriedades.

A advocacia no mercado de trabalho

O aumento de profissionais é evidente em virtude do excesso de advogados e estudantes dessa área. Essa concorrência acabou dificultando a entrada de recémformados nessa área. As dificuldades são tão evidentes que encontrar patrono – necessário para a obtenção da inscrição na Ordem dos Advogados – para estágios pode demorar muito mais do que o esperado. Atualmente, a atividade dos profissionais dessa área é exercida, em sua maioria, em escritórios ou em sua própria casa, deslocando-se somente para comparecer em reuniões, obtenção de provas e testemunhos, entrar em contato com autoridades e fazer pesquisas, por exemplo. Já os advogados que atuam para outras empresas dispõe, de horários regulares de trabalho e a carga horaria costuma.

Está procurando por um novo emprego? Acesse Jobtonic.com.br e confira milhares de vagas espalhadas por todo o território brasileiro e atualizadas todos os dias!

premium

Ler Anterior

22/09/2015 – RECEIO DE FUGA : Plenário do Supremo discutirá se cancela “súmula das algemas” nesta quarta

Leia em seguida

> Instituições hospitalares filantrópicas cobram melhoria nos investimentos da saúde

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *