09/07/2015 -Renan Calheiros se torna réu em ação de improbidade administrativa

O presidente do Senado, senador Renan Calheiros (PMDB-AL), se tornou réu em uma ação civil aberta pela Justiça Federal no Distrito Federal. O pedido foi feito pelo Ministério Público Federal, que investiga se, em 2007, o parlamentar teve despesas pessoais pagas por Cláudio Gontijo, que atuava como intermediador da Empreiteira Mendes Júnior.

Se condenado, Renan pode perder o cargo

Esses valores, segundo reportagens divulgadas durante as investigações, foram usados para pagar a pensão e o aluguel do imóvel onde morava a jornalista Mônica Veloso, mãe de uma das filhas de Renan. Na época, Renan chegou a renunciar à presidência do Senado.

Se for condenado, Renan pode ter que devolver os montantes citados na ação, além de correr o risco perder o cargo público. Na esfera penal, os fatos são investigados no Supremo Tribunal Federal.

A assessoria de Renan Calheiros afirmou que o senador ainda não sabe sobre a ação e que ele se manifestará somente no processo. Com informações da Agência Brasil.

premium

Ler Anterior

09/07/2015 – OAB é a segunda instituição mais confiável do Brasil; Congresso é a penúltima

Leia em seguida

09/07/2015- Senado aprova dois nomes para compor o Conselho Nacional de Justiça

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.