03/10/2015- PRAZO ELEIÇÔES OAB : Adimplência é condição de elegibilidade e de voto nas Eleições na OABMT

As eleições para o novo Conselho Seccional da OABMT, Diretorias das Subseções, Diretoria da Caixa de Assistência dos Advogados de Mato Grosso (CAAMT), conselheiros federais titulares e suplentes, estão agendadas para o dia 27 de novembro deste ano. Todos os advogados e advogadas inscritos em Mato Grosso são convocados para a votação obrigatória no horário das 9 às 17 horas. Porém, é importante ficarem atentos aos prazos de regularização com a instituição, caso haja alguma pendência.

 

Tantos os profissionais que votarão como os interessados em concorrer e seus respectivos membros de chapa, devem estar adimplentes junto à Seccional, conforme o Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB. Todas as normas para as Eleições da OABMT estão dispostas no Edital nº 4/2015, que pode ser acessado no site www.oabmt.org.br, link “Eleições”.

http://www.oabmt.org.br/ServicosOnline/Eleicoes.aspx

 

Conforme o artigo 11 do Edital, o prazo para regularizar as anuidades em atraso encerra-se no dia 28 de outubro, nos termos do que prevê o artigo 12, VII do Provimento nº 146/2011, do Conselho Federal da OAB. Assim também o pedido de registro de chapa por parte dos candidatos deverá ser protocolado na Secretaria do Conselho Seccional da OAB/MT até às 18 horas do dia 28.

 

Contatos

 

Os interessados em regularizar sua anuidade junto à OABMT podem entrar em contato com o setor financeiro por meio dos telefones (65) 3613-0918/0919.

 

Já no interior, os profissionais podem contatar a Subseção na qual está inscrito. Para buscar o telefone de uma das 29 Subseções da OABMT basta clicar no nome da cidade que consta no mapa em “Subseções – Informações”. Assessoria de Imprensa OAB/MT

http://www.oabmt.org.br/Subsecoes/Subsecoes.aspx

 

 

 

premium

Ler Anterior

03/10/2015 – Ministério Público arquiva denúncia contra Hilton Gusmão por prática de nepotismo cruzado

Leia em seguida

30/10/2015 – Lei do FEX é sancionada. MT vai receber cerca de 400 milhões

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *