• 18 de abril de 2021

02/10/2015 – Comarca de Cuiabá terá 14 júris em outubro

Quinze réus irão a julgamento popular em Cuiabá no mês de outubro, sete deles já estão presos. As sessões do Tribunal do Júri ocorrerão sempre no período vespertino, a partir das 13h30, e serão presididas pela juíza da 1ª Vara Criminal da capital, Mônica Catarina Perri de Siqueira. Alguns casos de destaque compõem a pauta do mês, confira no anexo.

 

Nesta sexta-feira (4 de outubro) será julgado Thiago Cavalcante da Silva, acusado de tentar matarJosé Márcio Assis dos Santos em setembro de 2005. O julgamento do réu estava previsto para 10 de agosto, mas foi redesignado porque o acusado não aceitou que sua defesa fosse feita pela Defensoria Pública em plenário, e alegou ter condições financeiras para pagar advogado.

 

De acordo com a denúncia, o réu tentou tirar a vida da vítima com disparos de arma de fogo, em um posto de gasolina. Os tiros atingiram a região do pescoço e da nuca de José Márcio, que não morreu “por circunstâncias alheias” à vontade de Thiago. O réu foi pronunciado por tentativa de homicídio com aplicação de recurso que dificultou a defesa da vítima.

 

Na próxima semana, dia 6 de outubro (terça-feira), será o julgamento de Elizeu Rondon Pereira. O réu é acusado esfaquear a mãe Joana Darc Rondon e matar a facadas a cunhada Geani Carla Rodrigues. O caso ocorreu em janeiro de 2014, no bairro Cohab São Gonçalo. De acordo com o Ministério Público, o acusado e as vítimas residiam na mesma casa, mas a convivência não era harmoniosa porque o réu era agressivo, perigoso e fazia uso de entorpecente e bebida alcoólica.

 

Outro caso de destaque é do réu Wender Aparecido Almeida Silva, que será julgado no dia 7 de outubro. Ele é acusado de matar a namorada Brunna Tallita da Silva Barros por engano, ao tentar atingir o ex-marido dela, Rodrigo Dulino Miranda. O crime ocorreu em janeiro de 2013, no bairro Doutor Fábio II. Wender teria atirado três vezes com um revolver calibre 38 contra Rodrigo e um dos disparos teria atingido e matado Brunna.

 

No dia 8 de outubro ocorre o julgamento de Rodrigo Bispo de Souza, conhecido como ‘Rodriguinho’. Ele é acusado de matar Joederson da Silva com disparos de arma de fogo, em maio de 2014, no bairro Jardim Colorado. O crime teria sido motivado por  desavenças relacionadas a gangues rivais dos bairros Novo Colorado e Ribeirão do Lipa.FONTE CGJ

premium

Ler Anterior

02/10/2015 – Obtenção de dados cadastrais telefônicos não configura quebra de sigilo, decide ministro

Leia em seguida

02/10/2015 -TRE-MT realiza debate sobre minirreforma eleitoral

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *