02/09/2015- OABMT e TDP requerem urgência na investigação de disparos contra escritório de advogado

O presidente da comissão do Tribunal de Defesa das Prerrogativas Dr Luiz da Penha encaminhou ofício, nesta terça-feira (1º de setembro), à Secretaria de Segurança Pública do Estado para buscar a designação de um delegado para conduzir as investigações na busca de possíveis autores dos disparos efetuados contra o escritório de um advogado de Rondonópolis na madrugada do último domingo (30 de agosto).

 

Álvaro Luiz Pedroso Marques de Oliveira relatou que o fato ocorreu por volta de 2h40. O escritório, localizado ao lado do Fórum da Comarca de Rondonópolis, foi alvejado com 12 tiros de pistola de 9mm,  conforme  o advogado. “A frente, vidros, porta, tudo foi atingido. Os policiais que faziam a vigilância do Fórum contaram que ouviram barulho de moto e os disparos. Os projéteis ficaram por todo o escritório, mas as cápsulas da munição não ficaram no chão; por isso, acreditamos que eles sabiam o que faziam”, observou.

 

Álvaro de Oliveira contou que trabalham com ele cinco advogados, nunca foi ameaçado, mas acredita que o atentado pode ser em decorrência de sua profissão. O advogado procurou imediatamente o presidente da Subseção de Rondonópolis, Ronaldo Batista Alves Pinto, que remeteu o caso ao presidente do TDP, Luiz da Penha Correa, e ao presidente da OABMT, Maurício Aude.

 

Assim, no Ofício OABMT/GP nº 120/2015, a Seccional busca providências junto ao secretário de Estado de Segurança Pública, Mauro Zaque, para as medidas que visem identificar o (s) autor(es) dos disparos com a máxima urgência. O Fórum da Comarca de Rondonópolis já foi oficiado para apresentar as imagens das câmeras de segurança.

Fonte OABMT com REDAÇÃO JA 

premium

Ler Anterior

> Biometria em Cuiabá: Atendimento é com hora marcada

Leia em seguida

02/09/2015 – Canarana: índios são condenados por homicídio

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *