02/09/2015 – Motorista de coletivo poderá ser obrigado desembarcar passageiros fora do ponto em VG

Tramita na Câmara de Vereadores de Várzea Grande um Projeto de Lei que ‘’dispõe sobre a obrigatoriedade das empresas que detém o sistema de transporte coletivo público no município realizarem desembarque de passageiros fora das paradas pré-determinadas’’.

O projeto é de autoria do vereador Ivan dos Santos do PT e os benefícios estendem para idosos, deficientes físicos e mulheres gestantes.

De acordo com o texto do projeto, o desembarque deverá acontecer em lugares onde haja condições de segurança; tanto para passageiros que descem, como para o veículo e demais passageiros que permanecem no ônibus, e somente serão permitidos após as 20 horas em pontos pré-fixados pela Secretaria de Transporte do município.

A recusa por parte do motorista de não realizar a parada, se comprovada, acarretará um multa de 50 Unidades Fiscais do município.

Se aprovada e sancionada a lei, ela dará as empresas que tem concessão do serviço de transporte público em Várzea Grande, prazo de sessenta dias para adaptarem as novas determinações, cabendo ainda a elas, a fixarem informativos nos ônibus para que os passageiros tenham acesso a esse direito.

premium

Ler Anterior

> Comarca de Peixoto forma 29 novos mediadores

Leia em seguida

02/09/2015 -Autorizada a busca de recursos para fortalecer as audiências de custódia

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *